BLOG

Materiais e Notícias
sobre o nosso mundo

Category filter:AllAtualizações e NotíciasCultura
Por enquanto é isso… ;-)
capablog6temas-1200x675.jpg

Dividimos com nossa audiência as indicações de 6 temas de Jazz para ouvir agora mesmo, feitas pelo jornalista e crítico musical especializado em jazz e música improvisada Giovanni Russonello para o New York Times. Ele também é o editor fundador da CapitalBop , uma publicação e organização que atende a cena de jazz de Washington, DC.

Charles Lloyd & The Marvels – Peace

Charles Lloyd ( Memphis , 15 de março de 1938 ) é saxofonista e compositor americano. Embora seus instrumentos sejam principalmente o saxofone tenor e a flauta , ele ocasionalmente gravou com o saxofone alto e outros instrumentos de palheta. O estilo do saxofone de Lloyd lembra, embora com muitos elementos pessoais, o de John Coltrane . Sua composição mais conhecida é “Forest Flower”.

Sam Gendel, ‘Fractl’

Sam Gendel é músico e produtor que mora em Los Angeles, CA. Ele é mais conhecido por seu trabalho com o saxofone, embora seja proficiente em vários instrumentos. Músico de vanguarda, Gendel carrega consigo extremos gloriosos em suas versões quase irreconhecíveis de clássicos do jazz.

Don Cherry, ‘Nigeria’

Donald Eugene “Don” Cherry ( Oklahoma City , 18 de novembro de 1936 – Málaga , 19 de outubro de 1995 ) foi um trompetista americano , muito próximo do saxofonista Ornette Coleman. Cultuado pela sua inovação e exploração, Cherry é um dos mais influentes músicos de Jazz do século XX.

R+R=Now, ‘How Much a Dollar Cost’

R + R = NOW significa “Refletir e responder agora ”: um conceito inspirado na lendária cantora de soul Nina Simone, que em entrevista disse: “o dever de um artista é refletir os tempos em que vive”. Robert Glasper é o arquiteto do projeto R + R = NOW junto com o lendário produtor e multi-instrumentista Terrace Martin . Com eles, o trompetista de jazz Christian Scott aTunde Adjuah , o baixista Derrick Hodge , o baterista Justin Tyson e o produtor, multi-instrumentista e boxeador vocalista Taylor McFerrin se juntaram para formar a R + R = NOW : uma super banda capaz de explorar todos os sons da música negra, incluindo jazz, soul, R&B, hip-hop e muito mais.

Alan Braufman, ‘Sunrise (Angel Bat Dawid Sunset Remix)’


Uma melodia de saxofone ondulante torna-se apenas um elemento em um enxame digital neste remix de uma música de Alan Braufman do jovem multi-instrumentista e compositor Angel Bat Dawid.

Archie Shepp and Jason Moran, ‘Wise One’

Estes sets ao vivo entre o saxofonista e o pianista capturam um diálogo entre dois colaboradores altamente qualificados e empáticos, cuja reverência pelo espaço corresponde ao seu respeito pela própria música.

E aí, gostou desses 6 temas de Jazz para ouvir agora mesmo? Acompanhe as nossas redes que em breve lançaremos mais conteúdos como este.

Assista os concertos em streaming apresentados pelo projeto Sexta Jazz da Aliança Francesa em 2020
Conheça as soluções da Marte para patrocinadores

51_INTERNET_0204_-1200x800.jpg

O projeto Sexta Jazz AF terá cinco edições entre 6 de novembro e 11 de dezembro. As apresentações serão ao vivo e transmitidas pelo canal da AF – Aliança Francesa Florianópolis – gratuitamente

Se hoje a cena de música instrumental e jazz de Florianópolis é referência no país, muito se deve a projetos como o Sexta Jazz AF. Desde 2014, o evento promovido pela Aliança Francesa da Capital apresenta o virtuosismo dos músicos de Santa Catarina em homenagens épicas aos maiores nomes do jazz mundial. Em 2020, o Sexta Jazz terá uma temporada de shows em live streaming. Entre novembro e dezembro, serão cinco edições para matar as saudades das noites de boa música. A estreia da temporada deste ano será no dia 6 de novembro com o Especial John Scofield: A Go Go. A transmissão será pelo canal no YouTube da Aliança Francesa de Florianópolis.

Um trio formado por Tiê Pereira (baixo), Mauro Borghezan (bateria) e Fábio Carlesso (guitarra) vai apresentar as principais faixas do álbum A Go Go. Lançado em 1998, o disco é exemplo inegável da versatilidade de John Scofield, guitarrista norte-americano de 68 anos. Foi gravado com o trio Medeski, Martin e Wood e é considerado um dos melhores da carreira do músico. 

— A gente pesquisa muito, nos desafiamos e procuramos apresentar temas e músicos diferentes em cada edição. Scofield é um grande guitarrista de jazz, foi um dos primeiros a unir o funk ao jazz. Nesse álbum, aparece bem a influência da música negra, do funk, do improviso jazzístico, com seção rítmica influenciada por James Brown. É um disco que escutamos e tocamos muito — diz Tiê Pereira, um dos curadores musicais do projeto.

Scofield começou a ter projeção na carreira depois de tocar na banda de Miles Davis (1926-1991), nos anos 1990. É reconhecido por ser liberto de apegos à tradição jazzística.

— Ele sempre buscou jogar no som, de forma muito nítida, suas influências. Tem bastante country, blues e até coisas relativamente mais recentes, como música eletrônica e drum ‘n bass. Pela própria maneira de tocar, Scofield influenciou muitos guitarristas. E ele continua lançando discos bem diversos, recentemente gravou um álbum com referências à música gospel — conta Tiê.

Sexta Jazz é realizado desde 2014 pela AF Floripa

 

Desde a primeira edição, em 2014, foram realizadas 58 edições do Sexta Jazz em Florianópolis. O projeto ocupou diferentes palcos: o Centro Cultural Fabiano Silveira, a sala Lindolf Bell, no Centro Integrado de Cultura (CIC) e, desde 2018, o estacionamento do Shopping Iguatemi. De lá para cá,  foram feitos shows memoráveis e homenagens a ícones do jazz mundial, como Bill Evans, Miles Davis e Ella Fitzgerald; passando por brasileiros como Hermeto Pascoal e Alegre Corrêa, de Santa Catarina; e ainda nomes como Paquito D’Rivera, Erykah Badu, Avishai Cohen e Wes Montgomery.

Diante de um cenário de pandemia e de um ano atípico, a decisão da Aliança Francesa de Florianópolis foi de manter o calendário de 2020.

 — As condições sanitárias estão respeitadas e temos que continuar a nossa missão. Agora, mais que nunca, a AF tem que promover a cultura na cidade — enfatiza a diretora geral da AF, Marilyn Pellicant.

Entre 6 de novembro e 11 de dezembro, serão cinco edições, sempre nas sextas-feiras, às 20h, no canal da Aliança Francesa de Florianópolis no YouTube. A próxima será um especial sobre Sonny Rollins e o álbum A Night At The Village Vanguard.

— Neste momento, como ainda queremos promover o distanciamento social e os cuidados necessários contra a Covid-19, optamos por realizar os concertos em um estúdio profissional de audiovisual que já cumpre todos os protocolos. Com isso, garantimos uma necessidade mínima de profissionais envolvidos presencialmente, diminuindo os riscos do contágio. Podemos garantir que a qualidade da transmissão será um diferencial, além da tradicional dedicação dos músicos catarinenses e a escolha cuidadosa do repertório — garante o produtor Tailor Morais, da Marte Cultural.

O Sexta Jazz 2020 é viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio da ENGIE. A coordenação é Marte Inovação Cultural. Realização da Aliança Francesa Florianópolis, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Agende-se

Live Sexta Jazz AF 2020 | Especial John Scofield: A Go Go
Quando: sexta, 6/11, às 20h
Onde: Canal da Aliança Francesa de Florianópolis no YouTube
Quanto: gratuito
Evento online
Informações: www.affloripa.com.br

Conheça as soluções da Marte para patrocinadores