Como

Participar

Gratuito! Todas as sessões do projeto possuem entrada franca. Além de sessões abertas ao público, o projeto oferece exibições exclusivas para crianças da rede pública de ensino de Florianópolis.


Sessões

Abertas ao Público

Com uma programação que exibe grandes sucessos dos maiores estúdios do mundo, as sessões são ideais para curtir o final de semana em família.

Sessões

Fechadas para Escolas

A ação é feita em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e privilegia as escolas municipais de bairros com menor incidência de eventos culturais.

Como

Funciona

As sessões são gratuitas para famílias com uma ou mais crianças. Pais, mães ou responsáveis também são isentos de pagamento.

Distribuição 1 hora antes

Os ingressos são distribuídos sempre com uma hora de antecedência ao início das sessões. Chegue cedo para garantir o seu e pegar um bom lugar.


Por ordem de Chegada

A distribuição é feita mediante cadastro rápido (nome e e-mail de um dos responsáveis) e por ordem de chegada. Não são permitidas reservas.


Limite para retirada

Para não atrapalhar o público que já está vendo o filme, o limite para retirada de ingressos é de até 30 minutos após o início da sessão (ou quando atingir a lotação da sala).


Perguntas

Frequentes

Tire suas dúvidas sobre o evento e o funcionamento das sessões.

  • Até que idade é criança?
  • Qual a classificação etária dos filmes?
  • E se eu não conseguir ingresso?
  • Como faço para levar meus alunos nas sessões fechadas?
Até que idade é criança?
Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, a pessoa até doze anos de idade incompletos. Os filmes selecionados são direcionados a pessoas desta idade. Por isso, adolescentes que por ventura queiram ir à sessão, contarão como responsáveis (máximo dois por cada criança). Neste caso, sugerimos que apenas um adulto seja o acompanhante responsável.
Qual a classificação etária dos filmes?
Todos os filmes programados nas Sessões Animadas possuem classificação etária LIVRE. Saiba mais sobre a regulamentação do Governo Federal no link.
E se eu não conseguir ingresso?
A retirada de ingressos uma hora antes da sessão é a opção mais democrática de distribuição, pois garante que apenas pessoas que se deslocaram até o local (e portanto estarão presentes) têm acesso aos ingressos. Infelizmente, por razões orçamentárias, não temos como garantir a entrada de todas as pessoas no cinema e pode acontecer de você ficar sem ingresso. Entretanto, se o número de pessoas sem ingresso é superior a 50% da lotação de um sala, é possível que a produção abra uma sessão extra. Procure se informar com as recepcionistas do projeto.
Como faço para levar meus alunos nas sessões fechadas?
Quando as aulas retornarem, retomaremos os agendamentos das sessões fechadas para escolas.  As datas e as escolas participantes são definidas pelo DEBEC – Departamento de Bibliotecas Escolares e Comunitárias. Para levar sua turma em uma das sessões, você deve entrar em contato com os responsáveis pelo setor.
  • COVID – É seguro ir ao cinema?
  • COVID – É obrigatório o uso de máscara?
  • COVID – Serão quantas pessoas por sessão?
  • COVID – Existe um protocolo na entrada e saída da sala?
COVID – É seguro ir ao cinema?
Sim. Foi realizado um trabalho sério, muito cuidadoso e detalhado, para preservar a segurança e bem-estar das nossas equipes e dos espectadores. Com a aplicação dos devidos protocolos de proteção, os cinemas Cinesystem tendem a ser mais seguros que várias outras atividades. Os riscos também são reduzidos dentro de um ambiente com pé direito alto, inclinação “stadium”, sistema de refrigeração central com renovação contínua de ar externo, no qual todos estaremos usando máscaras, sem interagir com outras pessoas, apenas assistindo passivamente ao filme, mantendo-se o devido distanciamento social, garantido por poltronas bloqueadas automaticamente por sistema inteligente de venda de ingressos. Cinemas praticamente não tem interação entre as pessoas e o manuseio de objetos é quase inexistente, durante o filme ficamos em silêncio e sem contato físico com outras pessoas, o que favorece a segurança de todos. Confira o protocolo completo do Cinesystem Cinemas neste link.
COVID – É obrigatório o uso de máscara?
Sim, para sua segurança de todos, a máscara é obrigatória em todas as áreas comuns dos cinemas. O único momento em que o espectador pode retirar a máscara é quando estiver sentado em seu lugar marcado, para comer sua pipoca quentinha e se refrescar com sua bebida geladinha. Após o consumo a máscara deverá ser recolocada imediatamente. Contamos com a ajuda de todos. Confira o protocolo completo do Cinesystem Cinemas neste link.
COVID – Serão quantas pessoas por sessão?
De acordo com a PORTARIA SES nº 1010 de 28 de dezembro de 2020, as salas de cinema deverão obedecer à reduções importantes na ocupação do público. São elas: 75% da lotação com Risco Potencial ALTO; 50% da lotação com Risco Potencial GRAVE; 30% da Lotação com Risco Potencial GRAVÍSSIMO; Acesse a portaria estadual completa neste link.
COVID – Existe um protocolo na entrada e saída da sala?
Algumas

Informações importantes

A segurança e bem-estar de todos sempre foi prioridade para nós. Agora, para recebê-los de volta, novas medidas foram adicionadas aos nossos processos de higiene e à nossa operação.

Sistema de Bloqueio X-Block

O sistema otimiza o bloqueio de assentos adjacentes com a tecnologia inovadora, garantindo o seu distanciamento social com segurança.


Medidas Sanitárias

Todo o cinema está sinalizado com placas de orientação. Além disso, antes de todos os filmes será exibido um vídeo com orientações de segurança.


Máscara Obrigatória

Sempre é bom lembrar. A máscara é obrigatória em todas as áreas comuns do cinema.


Higienização Rigorosa

A cada hora, o ambiente do cinema passa por um rigoroso processo de higienização e sanitização dos pontos de contatos.



https://marte.art.br/sessoesanimadas/wp-content/uploads/sites/5/2021/07/marcassessoes-1-e1626453972126.png

Produto totalmente patrocinado pelo município de Florianópolis por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91.