BLOG

Materiais e Notícias
sobre o nosso mundo


blog_1920x1080_SDR-1200x675.jpg

A Marte Cultural é uma empresa dedicada à produção cultural e apoio às estratégias de marketing, especialmente na área da cultura. Nossas atividades incluem idealização de projetos, produção de eventos, bem como consultoria e formação de público. Trabalhamos em parceria com empresas, artistas, fundações e associações culturais, produtores independentes, meios de comunicação, agências de publicidade e editoras.

 

Descrição das atividades

  • Realizar o primeiro contato com leads gerados pelo marketing;
  • Prospectar ativamente novos clientes por email, telefone, Linkedin e em eventos;
  • Executar sequências de contato, tanto automatizadas quanto personalizadas;
  • Qualificar os leads (na plataforma de vendas), entender quais as necessidades da empresa e verificar se as necessidades do potencial cliente seriam resolvidas pela nossa solução;
  • Direcionar leads qualificados para os vendedores;
  • Manter o CRM atualizado;
  • Realizar follow up com os leads;
  • Observar métricas e indicadores, visando sempre a otimização dos processos para trazer os melhores resultados;
  • Apoiar a área comercial no relacionamento com clientes e parceiros;
  • Carga horária: 6 horas/dia.

Requisitos da Vaga

 

Perfil que buscamos
  • Foco em ações e resultados;
  • Alta capacidade de aprendizagem e absorção de informação;
  • Resiliência;
  • Proatividade;
  • Persuasão;
  • Curiosidade;
  • Capacidade de trabalhar em equipe;
  • Habilidade em administrar demandas e entregas em um ambiente dinâmico, com processos em constante evolução e busca constante para bater metas;
  • Capacidade de correlacionar informações e dados;
  • O que você vai precisar ter:
  • Cursando a partir do segundo ano em publicidade, marketing ou administração;
  • Ótima capacidade de comunicação;
  • Resiliência e foco;
  • Alinhamento com a nossa cultura.
Diferenciais
  • Experiência com trabalho em publicidade ou marketing;
  • Experiência como SDR;
  • Experiência em vendas B2B;
  • Inglês intermediário.

 

Benefícios da Vaga

  • Trabalhar em uma das agências de Marketing Cultural que mais cresce em Santa Catarina e que possui no portfólio alguns dos principais projetos culturais do estado.
  • A remuneração é parte um valor fixo, parte um valor variável com base no volume de boas reuniões agendadas para o vendedor, bem como por vendas;
  • Telefone com internet móvel;
  • Ajuda de custo com internet.

 

Design-sem-nome-1200x675.jpg

O projeto direcionado ao público infantil acontece todos os domingos no Villa Romana Shopping em Florianópolis, com entrada gratuita

O espetáculo Contos, cantos e brincadeiras abre a programação de agosto em grande estilo. Com o objetivo de incentivar a leitura para as crianças, a contadora de histórias Felícia Fleck apresenta histórias com a ajuda de objetos sonoros. Domingo, dia 7 de agosto, às 11h30, na sala de cinema do Cinesystem do Villa Romana Shopping, em Florianópolis. Gratuito!

No domingo seguinte, é a vez da dupla do Duas e Só apresentarem o espetáculo Antiprincesas, que conta histórias de três importantes mulheres latino-americanas: Clarice Lispector, Frida Kahlo e Violeta Parra, que já em suas épocas não se encaixavam em estereótipos de gênero. O espetáculo, que já foi apresentado em diversas cidades de Santa Catarina e do Paraná, chega a Florianópolis no dia 14.

Petisquinho na Cidade ao Contrário é aquele espetáculo que te leva ao mundo da imaginação. A história fala sobre um elefante que resolveu colocar o pé na estrada em busca de aventuras. Fabiolle Longhi, que é graduada em música, com especialização em Literatura Infantil e Contação de Histórias, é a responsável por nos contar os detalhes dessa viagem maluca que todos estão convidados a conhecer.

E fechando a programação do mês, o espetáculo A Aventura do Pirata Barba Suja será apresentado no dia 28. Os palhaços do Circo da Goiaba envolvem o público com a história de um pirata malvado que quer sujar e poluir o mundo inteiro. Será que o Barba Suja conseguirá realizar seu intento?  Só assistindo para saber!

O Domingo com Teatro é um dos mais importantes projetos de promoção da cultura na infância e formação de plateia de Santa Catarina. Realiza apresentações semanais de espetáculos infantis para curtir em família, sempre em sessões gratuitas. 

O Domingo com Teatro é totalmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping e Cinesystem. A coordenação geral é da Marte Cultural.

Programação de agosto de 2022

Dia 07/08 – Contos, cantos e brincadeiras, com Felícia Fleck

Dia 14/08 – Antiprincesas, com Duas e Só

Dia 21/08 – Petisquinho na Cidade ao Contrário, com Fabiolle Longhi

Dia 28/08 –  A Aventura do Pirata Barba Suja, com Circo da Goiaba

brincadeiras-de-palhacas-1.jpg

O projeto promove o teatro infantil, através de uma programação para curtir em família. Todos os domingos em Florianópolis, com entrada gratuita

A programação de julho está repleta de humor e arte circense. Na abertura, está o Circo Flor com O Incrível Circo Flor, que traz para o palco humor e muitas brincadeiras. Domingo, dia 3 de julho, às 11h30, na sala de cinema do Cinesystem do Villa Romana Shopping, em Florianópolis. Gratuito!

No dia 10, a brincadeira fica por conta da Banda de Brincar, que apresenta o espetáculo Uma viagem fantástica, que leva o público a conhecer os cravos, rosas, campos de alecrim, casas sem chão, entre outros seres encantados que habitam o mundo da imaginação. No domingo, dia 17, a plateia é protagonista. O Circus Fever apresenta Você é o Circo ao comando do palhaço Leleco.

Para contar a história de uma cidade alagada que há muito tempo já tinha sido bem seca, mas depois do encontro do Sol e a Chuva tudo mudou, o Pequeninus Grupo de Arte apresenta Cidade da Chuva no dia 24. A peça combina as linguagens da narração de histórias com desenhos feitos ao vivo.

E para encerrar o mês, no dia 31 o Traço Cia de Teatro apresenta Brincadeira de Palhaças, onde a acrobacia, a dança e a música ganham destaque. A partir dos jogos da palhaçaria clássica, Esmeralda e Gretta descobrem a possibilidade “mágica” de criarem um concerto musical. 

O Domingo com Teatro é um dos mais importantes projetos de promoção da cultura na infância e formação de plateia de Santa Catarina. Realiza apresentações semanais de espetáculos infantis para curtir em família, sempre em sessões gratuitas.  

O Domingo com Teatro é totalmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping e Cinesystem. A coordenação geral é da Marte Cultural.

Programação de julho de 2022

Dia 3/7 – O Incrível Circo Flor, com o Circo Flor

Dia 10/07 – Uma viagem fantástica, com a Banda de Brincar

Dia 17/07 – Você é o Circo, com Circus Fever

Dia 24/07 – Cidade da Chuva, com Pequeninus Grupo de Arte

Dia 31/07 – Brincadeira de Palhaças, com Traço Cia de Teatro

encanto-7-1200x675.jpg

Pianista de Recife é convidado especial na edição de junho do projeto promovido pela Aliança Francesa Florianópolis. Show será no dia 17, às 20h, e terá audiodescrição ao vivo 

Da periferia de Recife, Amaro Freitas ganhou o mundo. E também  levou para os quatro cantos um jeito de fazer jazz embebido de ritmos como frevo, maracatu, coco e baião. Não à toa, o pianista já recebeu a alcunha de “gênio do piano” e de “novo bamba do jazz”. Ele é convidado da próxima edição do Sexta Jazz AF, promovido pela Aliança Francesa de Florianópolis. O show será no dia 17 de junho, às 20h, no Piso G3 (estacionamento) do Villa Romana Shopping, na Capital. A entrada é gratuita, vagas limitadas.

Sexta Jazz AF – Especial Tiê convida Amaro Freitas apresenta um concerto em trio formado pelo músico e curador do projeto, Tiê Pereira, no contrabaixo, por Amaro Freitas no piano e por Rodrigo Porciuncula na bateria. Juntos, os músicos interpretam algumas músicas do repertório de Amaro Freitas e algumas releituras de peças do universo brasileiro e do jazz que influenciaram e ainda influenciam a trajetória do pernambucano.

Amaro Freitas começou a tocar aos 12 anos, quando participou de aulas de música oferecidas por uma igreja do bairro onde morava, na capital pernambucana. O único instrumento disponível era o piano — um empurrão do destino. Apaixonou-se pelo jazz depois de ouvir um álbum do pianista estadunidense Chick Corea (1941-2021). Hoje, aos 30 anos, é considerado um dos pianistas de jazz da nova geração mais respeitados no Brasil e no mundo.

Espetáculo com audiodescrição

O espetáculo terá recurso de audiodescrição ao vivo para pessoas com deficiência visual. Ao todo, serão disponibilizados 20 receptores que podem ser emprestados com a equipe do evento. Para quem curte cerveja artesanal, haverá venda de chope no local. Não é permitido entrar com bebidas.

Promovido pela Aliança Francesa Florianópolis desde 2014, o Sexta Jazz AF se consolidou como um dos mais importantes projetos gratuitos de música instrumental da Capital. Até o final de 2022, estão previstas dez edições, sempre nas sextas-feiras, às 20h. A cada edição, os curadores convidam músicos importantes da cena musical de Santa Catarina e do Sul do país para concertos que homenageiam ícones do jazz mundial.

 

Jazz solidário

Em junho, O Sexta Jazz AF será, mais uma vez, ponto de arrecadação de comida, roupas e brinquedos que serão doados às famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas pelo Conselho Comunitário do Córrego Grande (CCCG). Para ajudar, basta levar alimentos não perecíveis, agasalhos e brinquedos novos ou usados em bom estado no dia do evento.

O Sexta Jazz AF de junho é viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura com patrocínios da ENGIE e Da Magrinha. Patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. Apoio cultural do Villa Romana Shopping. Produção da Marte Cultural. Realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

encanto-3-1200x675.jpg

Projeto semanal promove teatro infantil com entrada gratuita para curtir em família. Todos os domingos em Florianópolis

Em junho, todas as apresentações do Domingo com Teatro terão tradução em LIBRAS e serão acessíveis para pessoas com deficiência visual. A programação do mês abre com A Rendeira e a Tartaruga, espetáculo belíssimo e educativo da Cia Vibrata. Domingo, dia 5 de junho, às 11h30, na sala de cinema do Cinesystem do Villa Romana Shopping, em Florianópolis. Gratuito!

Ao longo do mês, o palco do projeto recebe espetáculos de diferentes linguagens. No dia 12/6, o Circo Nós apresenta números tradicionais do circo como malabares, acrobacias e muitas trapalhadas em Todo Lugar é Um Circo. No dia 19, a Trip Teatro conta as histórias de Charlie, um homem cujas aventuras são conhecidas nos Sete Mares, na peça O Velho Lobo do Mar. 

A Bela Fulô Encantadores de Histórias encerra a programação de junho com  Ispia Só!, uma montagem de contação de histórias que evoca as tradições da cultura açoriana e leva para o palco personagens conhecidos da garotada: o pescador, a benzedeira, a maricota e até a bernúncia. 

 O Domingo com Teatro é um dos mais importantes projetos de promoção da cultura na infância e formação de plateia de Santa Catarina. Realiza apresentações semanais de espetáculos infantis para curtir em família, sempre em sessões gratuitas.  

O Domingo com Teatro é totalmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping e Cinesystem. A coordenação geral é da Marte Cultural.

5/6 – A Rendeira e a Tartaruga, com a Cia Vibrata
12/6 – Todo Lugar é um Circo, com Circo Nós
19/6 – O Velho Lobo do Mar, com a Trip Teatro
26/6 – Ispia Só!, com a Bela Fulô Encantadores de Histórias

 

 

encanto-1-1200x675.jpg

O evento apresenta espetáculos de companhias brasileiras consagradas e abre o palco para bailarinos e bailarinas de todas as idades entre os dias 15 a 19 de junho. Programação gratuita.

O Dança em Cena, um dos eventos mais importantes de fomento à dança e formação de plateia da Capital, chega à quarta edição entre os dias 15 a 19 de junho. Passados dois anos de espera em razão da pandemia, o projeto promove cinco dias de Mostras de Dança, Residência Artística com jovens, Capacitação Profissional e espetáculos de grupos convidados. Toda a programação é gratuita e realizada em quatro locais: Floripa Shopping, Teatro Pedro Ivo, Cenarium Escola de Dança e Conselho Comunitário do Saco Grande, em Florianópolis. 

Ao abrir o palco para grupos já consagrados em todo o Brasil e, também, para companhias amadoras, bailarinas e bailarinos de todas as idades e classes sociais, o Dança em Cena se consagra como um projeto democrático e de formação de plateia. Mais que isso: este ano, o evento dá vazão à produção e pesquisa em dança que, desde o começo de 2020, aguardava uma oportunidade para encontrar o público. 

— O destaque desta quarta edição é realmente essa demanda reprimida do encontro. Para as pessoas que estão envolvidas com a dança, é uma oportunidade de mostrar e ver novos trabalhos — afirma Aline Menezes, diretora artística do evento.

Palco da Mostra para 10 gêneros diferentes

Com recorde de inscritos, a Mostra de Dança do projeto é realizada ao longo dos cinco dias do evento com apresentações de solos, duos e conjuntos de gêneros como ballet,jazz, dança contemporânea, street dance, sapateado, k-pop e dança de salão, entre outros. As performances são apresentadas em um palco-arena montado no Floripa Shopping.

— As coreografias inscritas mostram o quanto a arte e a dança cada vez mais abraçam a diversidade e a possibilidade de se expor livremente. A gente percebe que estão sendo criadas coreografias que dialogam com questões contemporâneas. Pautas como aceitação, por exemplo, aparecem como referências para criações coreográficas — observa Aline Menezes.

Além das apresentações dos inscritos, cada dia terá performance de grupos com trajetória reconhecida dentro e fora do Estado. Entre as convidadas estão a Millennium Cia de Danças, de Itajaí; o Grupo Kaiorra, de Camboriú, a Eleve Cia de Dança; e a Grão Cia de Dança, de Floripa.

— Apresentar em nosso palco companhias convidadas é uma frente importante no Dança em Cena porque valoriza e incentiva os trabalhos profissionais. A nossa Mostra é amistosa tanto para amadores quanto para quem já tem uma trajetória. Sobretudo, tem o papel de encorajar as pessoas a irem para o palco, desde crianças até pessoas idosas ou com necessidades especiais — destaca a diretora do evento.

Gumboot Brasil no Celebra 

Além da Mostra de Dança, o projeto tradicionalmente promove ao longo da programação o Celebra, que reúne companhias de dança com destaque na cena de dentro e fora de Santa Catarina no Teatro Pedro Ivo. É a noite de gala do Dança em Cena e será no dia 16 de junho (quinta-feira), a partir das 20h.

Em 2022, serão apresentados espetáculos de três grupos. De Florianópolis, a Eleve Cia de Dança, do premiado coreógrafo Anderson Machado e de Andrea Baptista, apresenta o belíssimo Cartas para Solidão. Já a Millennium Cia de Dança, de Itajaí, celebra 25 anos de trajetória com o espetáculo Os Reis do Show, um musical sobre o nascimento do show business e o sentimento maravilhoso de quando sonhos se realizam. A coreografia é assinada por Thurbo Braga.

O terceiro convidado é o premiadíssimo Gumboot Dance Brasil, de São Paulo. Trata-se do  único grupo do país e um dos poucos em todo o mundo que se dedica à pesquisa da Gumboot, um estilo de dança sul–africano. A Gumboot dance (dança de botas de borracha) é uma forma de dança popular que foi criada pelos trabalhadores no século 19 nas minas de ouro e de carvão da África do Sul.  

Na Capital, eles apresentam Yebo, espetáculo por meio do qual o público vai conhecer a criação de um dialeto sonoro feito a partir das batidas nas botas de borracha e transformado em uma apresentação percussiva. O Celebra tem entrada gratuita e os ingressos são distribuídos 30 minutos antes do início do espetáculo.  

— São grupos com trajetória, já premiados. A escolha passou por realmente apresentar a diversidade que a dança tem. Trazer a Gumboot Brasil, por exemplo, é uma oportunidade única para que as pessoas daqui conheçam a pesquisa de uma dança que não é comum.

Baile Arena – Espetáculo Interativo

Também aguardado pelo público do Dança em Cena, o Baile Arena é um espetáculo Interativo de Dança de Salão realizado no palco do Teatro Pedro Ivo. A apresentação encerra a programação do evento no dia 19 de junho, a partir das 20h

A proposta desse espetáculo é convidar o público a se experimentar e experienciar a dança, borrando a fronteira do palco e da plateia. O ambiente é de um grande salão de baile, reproduzido com mesas, cadeiras e pista de dança. Participam do espetáculo um elenco com mais de 20 artistas como a Grão Cia de Dança, Cia Espaço2, Cia de Dança Ronaldo Rodrigues, Cia Casarão da Dança, Mutama Escola de Movimento e Expressão, Coletivo Lundu, o sapateador Fernando Flesch, o sambista Leandro Murilo e a participação especial do pianista Guilherme Amaral. Concepção artística de Aline Menezes e iluminação por Gabriel Velasques. 

Capacitação profissional

Outra frente importante do Dança em Cena é a capacitação dos profissionais de dança da cidade com dois workshops intensivos, agendados para os dias 18 e 19 de junho. Serão dois convidados de renome nacional: o premiado bailarino e coreógrafo Rubens Oliveira e a  coreógrafa, bailarina profissional e professora Tati Sanchis.  Cada workshop tem quatro horas e meia de duração e ocorre na Cenarium Escola de Dança, no bairro Itacorubi. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do evento. Os participantes podem se inscrever para para as duas capacitações. 

No dia 18 de junho, Rubens Oliveira ministra o workshop Música no Corpo, Corpo na Música. Ele propõe uma oficina prática de experimentação a partir da pesquisa e abordagem do movimento da dança sul-africana Gumboot. No domingo, dia 19 de junho, Tati Sanchis ministra uma oficina sobre Gestão de Carreira na Dança. Tati irá compartilhar experiências e conhecimentos adquiridos ao longo de uma trajetória consagrada internacionalmente e no Brasil. A oficina aborda a ideia de planejamento de carreira voltado para a relação de prática de sala de aula.  

 

Residência Artística com jovens do Conselho Comunitário do  Saco Grande

Em 2022, o Dança em Cena repete uma iniciativa que começou em 2018 e que levou dança para jovens do Conselho Comunitário do  Saco Grande. Desde meados de maio, 34 jovens participam de uma  Residência Artística para montagem de performance que será apresentada na Mostra do Dança em Cena. A residência será realizada pelos coreógrafos Gui Fant e Julia Milan.

O Dança em Cena é patrocinado pelo município de Florianópolis e pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Floripa Shopping e da Estapar. A coordenação geral é da Marte Cultural e a realização é da Cenarium Escola de Dança.

Agende-se

Dança em Cena 2022

Quando: 15 a 19 de junho
Onde: Floripa Shopping, Teatro Pedro Ivo e Cenarium Escola de Dança
Quanto: gratuito
Informações e programação completa: https://marte.art.br/dancaemcena/

 

encanto-1200x675.jpg

Projeto Sessões Animadas que acontece mensalmente exibe a animação Encanto no Cinesystem do shopping Villa Romana às 11h

A animação “Encanto”, da Walt Disney Animation Studios, chegou ao serviço de streaming no Brasil no final de 2021 e até hoje encanta crianças e adultos em todo o mundo. Dirigido por Byron Howard, o filme conta a história de uma casa encantada, escondida em meio às montanhas da Colômbia, onde mora a família Madrigal. Dotada de magia, cada um dos integrantes tem algum poder mágico que é usado para ajudar a comunidade. No entanto, apenas uma não recebeu seu dom, a protagonista Mirabel, que sempre se esforça para agradar sua Abuela. 

Na noite em que um de seus primos recebe seus dons, Mirabel vê sua casa rachando e a partir daí, ela parte para uma aventura em busca de achar o que há de errado com a casa e salvar os seus parentes. O problema é que o único que pode dar as respostas é seu tio Bruno, que vê o futuro, mas que não é bem-vindo na família.

Musical com representatividade latina

A animação continua sendo um dos maiores fenômenos recentes da Disney. Não à toa, saiu vitoriosa do Oscar 2022, desbancando outras duas produções do estúdio: Raya e o Último Dragão e Luca. Com muita representatividade e música latina, o filme está em bolos temáticos gigantes, em TikToks virais, em teorias de fãs e nas histórias emocionantes daqueles que se viram refletidos nas telas pela primeira vez.

Também vencedora da estatueta dourada, a trilha sonora composta por Lin-Manuel Miranda chegou ao topo da Billboard 2000 em meados de janeiro e lá permaneceu por nove semanas. Ainda hoje, ocupa o 4º lugar na lista de álbuns mais tocados nos EUA. Entre tantas canções icônicas, “We Don’t Talk About Bruno” (“Não falamos do Bruno”, na versão brasileira) é uma das mais queridinhas do público, tendo liderado a Billboard 100 durante cinco semanas consecutivas.

Como participar

Os ingressos são gratuitos e distribuídos sempre com uma hora de antecedência ao início do filme. A distribuição é feita por ordem de chegada. Não são permitidas reservas. As vagas são limitadas.

As Sessões Animadas são totalmente patrocinadas pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping. A coordenação geral é da Marte Cultural.

Agende-se 

Sessões Animadas: Encanto

Quando: sábado, 21/05, às 11h

Onde: Cinesystem (Piso L3) do Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)

Quanto: gratuito

Classificação: Livre

Animação, 1h43min 

Mais Informações: https://marte.art.br/sessoesanimadas/

capa-site_1920x1080_sexta-jazz_202202-03-1200x675.png

Promovido pela Aliança Francesa Florianópolis desde 2014, o evento mensal é um dos mais importantes projetos de jazz e música instrumental de Florianópolis. A edição do dia 20 de maio terá dois concertos na mesma noite. Gratuito!

Pela primeira vez, o Sexta Jazz AF, da Aliança Francesa Florianópolis, promove dois concertos em uma mesma noite. O primeiro espetáculo será um tributo ao saxofonista Wayne Shorter e, o segundo, uma homenagem à cantora e pianista Diana Krall. Para as apresentações, os músicos Tiê Pereira (baixo) e Mauro Borghezan (bateria) recebem quatro convidados: os instrumentistas Edilson Tatu (piano), Elio Lorenzo (saxofone) e Gabriel Barbalho (trompete) e a cantora Claudia Bosle. O Sexta Jazz AF Especial Wayne Shorter + Especial Diana Krall será no dia 20 de maio, às 19h30h, no Piso G3 (estacionamento) do Villa Romana Shopping, na Capital. A entrada é gratuita mediante apresentação de comprovante de vacinação. Vagas limitadas. 

Ao longo da história do Sexta Jazz AF (o projeto é realizado desde 2014 na Capital), poucas vezes foram realizados dois espetáculos em uma mesma noite. Também em raras ocasiões o projeto homenageou artistas ainda vivos ou em atividade. “O jazz se misturou tanto com outros estilos que ainda tem muito jazz clássico para homenagear”, explica o músico Tiê Pereira, um dos curadores do projeto.

Wayne Shorter e Diana Krall, no entanto, embora de gerações e estilos diferentes, são referências e influências importantes para a música contemporânea. O concerto que abre a noite, a partir das 19h30, será dedicado ao saxofonista e compositor norte-americano. Aos 88 anos, foi só há pouco tempo que Shorter se aposentou, de fato, dos palcos, não sem deixar um legado. 

“Ele tem um corpo de trabalho imenso, escreveu muitas músicas que se tornaram standards do jazz. É um artista muito influente do campo harmônico. Além disso, ele passou por importantes grupos da história do jazz, como o The Jazz Messengers e o segundo quinteto de Miles Davis — que foi o grupo mais importante de Hard Bop e de jazz”, diz Tiê Pereira. 

Para homenageá-lo, Tiê e Borghezan contarão com o pianista Edilson Tatu e o trompetista Gabriel Barbalho. Além dele, também participa o saxofonista cubano Elio Lorenzo, que toca saxofone tenor — assim como Wayne Shorter tocava.

Diana Krall, uma das grandes intérpretes do jazz contemporâneo

O segundo espetáculo começa às 20h50 com uma homenagem à cantora e pianista Diana Krall, uma das grandes intérpretes do jazz contemporâneo. A canadense de 57 anos é reconhecida por ter ajudado a revitalizar o papel das cantoras no jazz. “Ela emulou o jazz swing, o jazz mais clássico, tanto na maneira de cantar como na maneira de tocar pianos”, destaca Tiê Pereira. Para homenageá-la, a cantora Claudia Bosle se junta à banda formada por Tiê Pereira (baixo), Mauro Borghezan (bateria), Edilson Tatu (piano) e Elio Lorenzo (sax)  e empresta seu vozeirão a algumas das principais faixas do repertório de Diana. 

Música e solidariedade 

O Sexta Jazz AF é parceiro do Conselho Comunitário do Córrego Grande (CCCG), da Capital, e a cada edição arrecada alimentos e brinquedos para doá-los a famílias em situação de vulnerabilidade social. Quem quiser participar da campanha, basta levar alimentos não perecíveis e brinquedos novos ou usados em bom estado no dia do evento.  As doações serão entregues ao CCCG. Para quem curte cerveja artesanal, haverá venda de chope no local. Não é permitido entrar com bebidas.

O Sexta Jazz AF 2022 é viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura com patrocínios da ENGIE e Da Magrinha. Patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. Apoio cultural do Villa Romana Shopping. Produção da Marte Cultural. Realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. 

Agende-se

Sexta Jazz AF apresenta: Especial Wayne Shorter + Especial Diana Krall

Quando: sexta, 20/5, 19h30h
Onde: Piso G3 do Villa Romana Shopping (Av. Me. Benvenuta, 687 – Santa Mônica, Florianópolis)
Quanto: gratuito (mediante passaporte da vacina.  Sujeito à lotação do espaço)
Mais informações: www.affloripa.com.br

Programação

18h30 – Abertura  

19h30 – Especial Wayne Shorter

20h30 – Intervalo

20h50 – Especial Diana Krall

21h50 – Encerramento

 

Email_Entrelacos_1920x1080-1200x675.jpg

São mais de 40 apresentações e ações formativas promovidas pelo projeto “Entrelaços” nas cidades de Guaramirim, Corupá e Luiz Alves 

No próximo dia 5 deste mês, “Entrelaços” chega a Guaramirim, na Escola Municipal de Ensino Fundamental e Pré Escola Quati. Essa será a primeira de dezenas de apresentações programadas até agosto deste ano que passarão pelas cidades de Guaramirim, Corupá e Luiz Alves. O projeto é uma mostra itinerante de espetáculos de contação de histórias e ludicidade em escolas. “A Princesa Margarida – um musical brincante” da Metamorfose Cia Cênica é o espetáculo selecionado para a primeira edição do projeto. Além da apresentação, o “Entrelaços” também promove  oficinas de resgate das brincadeiras populares com o intuito de estimular nos alunos a cultura do brincar na comunidade escolar.

Aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocinado pela Lunelli, empresa têxtil com fábricas em Santa Catarina, São Paulo, Ceará e Paraguai, o projeto contribui para a preservação da cultura popular, desenvolvimento criativo e a cidadania em crianças de Santa Catarina. De acordo com Mariana Riskoski Emmerich, responsável pela comunicação da Lunelli, esta é uma das formas de fortalecer as práticas de responsabilidade social da empresa.

– O investimento social na comunidade em que estamos inseridos é primordial. Entendemos que a nossa comunidade, como parte interessada do negócio, deve receber incentivo para se desenvolver e ser atendida nos projetos que contribuem para uma maior equidade, educação de qualidade e desenvolvimento social – afirma Mariana.

Além de contribuir para a preservação da cultura, o “Entrelaços” traz benefícios para o processo educacional. Segundo a Diretora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Guaramirim, Marja Prüsse Rebelato, as experiências artísticas ajudam na formação das crianças como leitores.

– Os projetos culturais são fundamentais e muito significativos para as redes de ensino. São eles que proporcionam novas experiências, vivências e transformam a formação leitora com um riquíssimo repertório cultural. Alunos e equipe pedagógica ganham muito com as parcerias – declara a diretora.

Musical brincante com a participação de crianças e professores

Ao término do espetáculo “A Princesa Margarida: um musical brincante”, os alunos e professores da plateia serão convidados para uma oficina que vai incentivar a musicalização e interação dos participantes. Interação esta que foi prejudicada durante o período de isolamento social causado pela pandemia. Sobre o tema, a atriz e uma das responsáveis pela criação da Metamorfose Cia Cênica, Angela Emilia Finardi reforçou a importância dessa retomada de interação entre as crianças.

– O desenvolvimento da empatia depende da nossa capacidade de reconhecer emoções no outro e comunicar as nossas próprias emoções. Tudo isso depende da interação. Crianças que interagem com as telas dos celulares, mas que não tem respostas às suas emoções acabam ficando prejudicadas e muitas vezes começam a se isolar – afirma a atriz.

Além das apresentações e oficinas, o projeto também contará com uma ação formativa em Luiz Alves, direcionada para crianças e uma capacitação para que professores ofereçam oficinas nas escolas do município posteriormente.

Produzido pela Marte Cultural, o “Entrelaços” pretende impactar milhares de crianças da região, com todos os elementos cênicos pensados para ressignificar o espaço e promover nas crianças o prazer de estar na escola. Para conferir a programação completa e mais detalhes sobre as apresentações, basta acessar o site oficial.

 

estamoscontratando_1920x1080-1-1200x675.jpg

Assistente de Produção

A Marte Cultural é uma empresa dedicada à produção cultural e apoio às estratégias de marketing, especialmente na área da cultura. Nossas atividades incluem idealização de projetos, produção de eventos, bem como consultoria e formação de público. Trabalhamos em parceria com empresas, artistas, fundações e associações culturais, produtores independentes, meios de comunicação, agências de publicidade e editoras.

Perfil de pessoa que buscamos

  • Profissional com pelo menos 1 anos de experiência em produção de eventos artísticos e culturais;

  • Determinação para o crescimento;

  • Dinamismo e proatividade;

  • Formação superior em comunicação social, eventos, marketing ou outros cursos na área da arte, como cinema e artes cênicas.

  • Profissional com desenvoltura para trabalho em equipe;

  • Domínio do pacote do Google Workspace e Office;

  • Morar na região de Florianópolis e ter disponibilidade para viagens e trabalhos ao final de semana;

  • Conhecimentos no pacote Adobe (Illustrator, Photoshop, Premiere, etc) serão considerados um diferencial.

  • Conhecimentos em modelagem e elaboração de projetos através de Leis de Incentivo à Cultura serão considerados um diferencial.

Principais atividades

  • Orçamentação de projetos e eventos;

  • Contratação de serviços artísticos;

  • Contratação de serviços de hospitalidade e logística;

  • Contratação de serviços de sonorização, iluminação e audiovisual;

  • Contratação de mobiliário e estruturas para eventos;

  • Contratação de serviços de comunicação visual, impressa e eletrônica;

  • Gestão de pré-produção, produção e pós-produção.

Tipo de Contrato: Autônomo de Pessoa Jurídica (MEI) / 140 horas mensais.

  • Fixo mensal de R$1.800,00

  • Home office;

  • Ajuda de custo para deslocamento para eventos e atividades externas (25,00)

  • Diária de Alimentação em dias de evento (quando necessário – 25,00);

  • Direito a 30 dias de férias remuneradas por ano;

  • Sem horário fixo;

  • Contrato de não exclusividade que possibilita outras atividades.

 

Candidate-se agora mesmo!

Envie seu currículo para o nosso banco de talentos.

 

WhatsApp-Image-2019-02-06-at-16.33.53-1.jpeg

Projeto semanal promove teatro infantil com entrada gratuita para curtir em família. Todos os domingos em Florianópolis

Reconhecida pelo trabalho e pesquisa em contação de histórias e cultura da infância, a Cia Mafagafos, de Florianópolis, abre a programação do mês de maio do Domingo com Teatro na Capital. O grupo, formado pelos artistas Aline Maciel e Sig Schaitel, apresenta Folcloreando, peça que mistura diversos elementos da cultura popular brasileira. Neste domingo, dia 1º/5, às 11h30, na sala de cinema do Cinesystem do Villa Romana Shopping, em Florianópolis. Gratuito!

Ao longo do mês, estão programados espetáculos de várias linguagens: Boi de Mamão, mágica, palhaçaria e teatro clássico. O tradicional Grupo Folclórico Alivanta Meu Boi apresenta a brincadeira do Boi de Mamão no dia 8/5. No dia 15/5, o palco do projeto recebe um Show de Mágica com o artista Jorian Peçanha. No dia 22/5, as palhaças Flor e Xicoza se unem para mostrar seus “talentos” em O Show das Damas. Para fechar o mês, no dia 29/5, uma peça sensível sobre um tema importante: A Grande Invenção, com A Vida é uma Arte Produções. A peça mostra que existe um elo entre todas as vidas no planeta, desde as bactérias, as minhocas e os seres humanos. 

O Domingo com Teatro realiza apresentações semanais de espetáculos infantis. É um dos mais importantes projetos de promoção da cultura na infância e formação de plateia. Todas as sessões são gratuitas. Uma vez por mês, conta com os recursos de LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais.

O Domingo com Teatro é totalmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping e Cinesystem. A coordenação geral é da Marte Cultural.

Programação de maio de 2022

Dia 1º/5 – Folcloreando, com Cia Mafagafos

Grupo reconhecido pela trajetória e pesquisa em contação de histórias, a Cia Mafagafos apresenta o espetáculo Folcloreando, peça que mistura diversos elementos da cultura popular brasileira. A peça é uma festa da cultura popular brasileira com histórias, causos, músicas, quadras e adivinhas.  

Dia 8/5 – Apresentação Boi de Mamão, com o Grupo Folclórico Alivanta Meu Boi

Traga a família para se divertir com a brincadeira do Boi de Mamão. O tradicional Grupo Folclórico Alivanta Meu Boi apresenta a história de um senhor simples do interior da Ilha de Santa Catarina e seu boi de estimação. Um dia, sua mulher grávida tem desejo de comer  o boizinho e o bicho morre de desgosto. Aí aparecem outros personagens já conhecidos: a benzedeira e todos os bichinhos.  

Dia 15/5 – Show Familiar com Mágico Jorian, com Jorian Peçanha

O Mágico Jorian Peçanha está de volta ao palco do Domingo com Teatro e apresenta um show de mágicas visuais, brincadeiras cômicas e muita interatividade com as crianças e os adultos. Dentre os truques estão objetos que aparecem em fração de segundos, lenços que mudam de cor e outras mágicas de cair o queixo.  

Dia 22/5 – O Show das Damas, com a AtrapaTrupe

Na peça, as palhaças Flor e Xicoza se unem para mostrar seus “talentos” em um show cheio de mágica, música e humor. A diferença entre as personalidades das duas palhaças desengonçadas vão transformado a tão sonhada apresentação em uma sucessão de trapalhadas, que divertem e convidam o público a se divertir junto.

Dia 29/5 – A Grande Invenção, com A Vida é uma Arte Produções
Espetáculo com tradução em LIBRAS

Espetáculo belíssimo que conta a história de Dona Dorotéia, uma centopéia; a MinhÓca; e o pequeno João, uma bactéria. Os três vivem na imensidão do universo. Um dia, para desvendar o sumiço das cascas de frutas e verduras que alimentavam todos os seres da terra preta, eles embarcam em uma incrível aventura. E descobrem que um elo entre mundos precisa ser restabelecido, e, para isso, terão que criar juntos A Grande Invenção! 

Agende-se

Onde: Cinesystem – Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)
Gratuito
Classificação: livre. Indicado para crianças de 3 a 10 anos
Informações: https://marte.art.br/portfolio/domingo-com-teatro/
e www.facebook.com/domingocomteatro
Siga-nos também no Instagram: @domingocomteatro

dct-abril-6-1200x675.jpg

Projeto gratuito é promovido pela Aliança Francesa de Florianópolis 

 

A primeira edição do ano do Sexta Jazz AF, da Aliança Francesa de Florianópolis, será no próximo dia 22 de abril. O concerto apresenta standards do Jazz Francês e Jazz Manouche (Gypsy Jazz). A abertura da temporada 2022 do projeto estava agendada para março, mas em razão do mau tempo foi transferida para abril. Para o show do dia 22, os músicos e curadores Tiê Pereira (baixo) e Mauro Borghezan (bateria) recebem como convidados o duo LeleSwing, formado por Fabien Ducept  (voz, acordeon e trompete) e Soledad Casanova (guitarra tenor), e Felipe Coelho (guitarra). 

 

A apresentação será às 20h no Piso G3 (estacionamento) do Villa Romana Shopping, na Capital.  A entrada é gratuita mediante apresentação de comprovante de vacinação. Vagas limitadas. A novidade é que a partir desta edição o evento volta a ter bar e venda de chope artesanal.

 

O Sexta Jazz AF é promovido pela Aliança Francesa Florianópolis desde 2014. Passados oito anos, se consolidou como um dos mais importantes eventos gratuitos de música instrumental da Capital. Para 2022, estão previstas dez edições, sempre nas sextas-feiras, às 20h. A cada edição, os curadores convidam músicos importantes da cena musical de Santa Catarina e do Sul do país para concertos que homenageiam ícones do jazz mundial. 

 

Jazz Manouche

 

O repertório da primeira edição celebra o jazz francófono, com temas de jazz francês ou adaptados para o francês, além de música instrumental manouche (Gypsy Jazz), uma forma muito particular de tocar jazz.  Para apresentar esse estilo ao público da Capital, os curadores convidaram o duo franco-argentino LeleSwing, formado por Fabien Ducept  (voz, acordeon e trompete) e Soledad Casanova (guitarra tenor).  O violonista Felipe Coelho, reconhecido na cena brasileira e pelo estudo profundo sobre o Gypsy Jazz, será o solista do concerto.  

 

O Sexta Jazz AF 2022 é viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura com patrocínios da ENGIE e Da Magrinha. Patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Casaces por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. Apoio cultural do Villa Romana Shopping. Produção da Marte Cultural. Realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. 

 

Agende-se

Sexta Jazz AF apresenta: Especial Francofonia

Quando: sexta, 22/4, 20h
Onde: Piso G3 do Villa Romana Shopping (Av. Me. Benvenuta, 687 – Santa Mônica, Florianópolis)
Quanto: gratuito (entrada mediante a comprovação de vacinação. Sujeito a lotação)
Mais informações: www.affloripa.com.br

 

MG_6125-1200x800.jpg

Com cinco dias de mostras de dança, residência artística, capacitação profissional e espetáculos de grupos brasileiros de destaque, a quarta edição do projeto será de 15 a 19 de junho. As inscrições para a Mostra de Dança são gratuitas

Depois de dois anos de espera, vem aí o 4º Dança em Cena, um dos projetos mais importantes de fomento à dança e formação de plateia em Florianópolis. As inscrições para a edição 2022 já estão abertas e podem ser feitas até 1º de maio pelo site do projeto. Este ano, a programação segue com cinco dias de mostras, residência artística, capacitação profissional e espetáculos de grupos convidados. O evento será de 15 a 19 de junho em quatro locais: Floripa Shopping, Teatro Pedro Ivo, Cenarium Escola de Dança e Conselho Comunitário do Saco Grande, em Florianópolis. Totalmente gratuito.

Uma das novidades desta edição é a possibilidade de os inscritos optarem pelo dia da apresentação, com vagas limitadas para os cinco dias de mostra. Vale lembrar que os primeiros inscritos têm preferência na escolha do dia.

Palco da Mostra para 10 gêneros diferentes

A Mostra de Dança ocorre em um palco-arena montado no Floripa Shopping. Podem se inscrever conjuntos, trios, duos ou solos de bailarinos de todas as idades de Florianópolis ou de qualquer cidade. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site https://marte.art.br/dancaemcena/ até 1º de maio.

Gêneros que podem participar: Ballet Clássico de Repertório, Ballet Clássico Livre, Dança Contemporânea, Jazz, Danças Urbanas, Dança de Salão, Sapateado, Danças Regionais ou Populares, K-Pop e Estilo Livre. O regulamento completo está no site.

O Dança em Cena é patrocinado pelo município de Florianópolis e pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Floripa Shopping e da Estapar. A coordenação geral é da Marte Cultural e a realização é da Cenarium Escola de Dança.

Agende-se

Dança em Cena 2022

Quando: 15 a 19 de junho
Onde: Floripa Shopping, Teatro Pedro Ivo e Cenarium Escola de Dança
Quanto: gratuito

Inscreva sua coreografia na Mostra

Conheça a Programação

dct-abril-2-1200x675.jpg

Projeto de cinema infantil mensal e GRATUITO exibe a animação Ron Bugado no Cinesystem do shopping Villa Romana às 11h


O projeto de cinema infantil Sessões Animadas está de volta e retoma a agenda de exibições gratuitas neste sábado (9) em Florianópolis. A primeira sessão do ano será com a nova animação da 20th Century Studios e da Disney, Ron Bugado. O longa evoca uma questão bastante contemporânea: a relação das crianças com a tecnologia. Sábado, dia 9 de abril, às 11h, no Cinesystem do Villa Romana Shopping. Gratuito. 

Esta é a primeira edição das Sessões Animadas que será adaptada também para crianças com TEA (Transtorno do Espectro do Autismo), uma parceria da Marte Cultural, idealizadora do projeto, com a Associação de Pais e Amigos de Autistas de Florianópolis (AMA).  Uma das características comuns entre as pessoas com TEA é a hipersensibilidade aos estímulos sensoriais. Por isso, a exibição terá o som em volume mais baixo, as luzes não ficam totalmente apagadas e as crianças são livres para correrem e se expressarem durante o filme.

— As famílias das crianças autistas já têm uma luta diária e uma vida corrida. Ter atividades de lazer torna esse processo mais leve. A sessão adaptada é importante justamente por causa disso, para que as famílias possam também relaxar e possam socializar. Para as outras crianças, esse convívio é interessante para que compreendam que as pessoas com TEA também fazem parte do mundo e não precisam e nem devem ficar à parte — diz Daniela Dias, vice-presidente da AMA. 

Além do volume e da luz, a sessão terá também uma equipe voluntária da AMA para prestar qualquer apoio. 

A mostra Sessões Animadas foi criada em 2015 pela Marte Cultural, de Florianópolis, com o propósito de democratizar a produção cinematográfica para crianças e estimular a cultura já na primeira infância.  O projeto promove exibições gratuitas, uma vez por mês, de filmes para curtir em família. Os filmes são selecionados sempre de acordo com a programação do cinema e são exibidos nas salas do Cinesystem, no Villa Romana Shopping, na Capital. 

 

Crianças e tecnologia

Ron Bugado conta a história de amizade entre um estudante tímido e desajeitado do ensino fundamental, Barney, e Ron, um robô inteligente que anda e fala. Quando Ron apresenta problemas de funcionamento, a dupla encara uma jornada emocionante e repleta de ação. Enquanto vivem diferentes aventuras, ensinam a crianças, jovens e adultos uma lição bonita sobre amizade.

O que chamou a atenção da crítica é o fato de a história apresentar personagens cativantes e muitos elementos com os quais crianças e jovens da contemporaneidade se identificam. O protagonista humano, por exemplo, tem dificuldade em fazer amigos enquanto na mesma escola existem crianças populares e já “influencers”. Ele acaba se conectando com um robô, que, afinal, o ajudará a enfrentar desafios sociais. 

 

Como participar

Os ingressos são gratuitos e distribuídos sempre com uma hora de antecedência ao início do filme. A distribuição é feita por ordem de chegada. Não são permitidas reservas. As vagas são limitadas.

As Sessões Animadas são totalmente patrocinadas pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping. A coordenação geral é da Marte Cultural.

Clique aqui para saber mais informações!
1a-Mostra-AF-de-Cinema-da-Francofonia-3-1200x675.jpg

Projeto semanal promove teatro infantil com entrada gratuita para curtir em família. Todos os domingos em Florianópolis

O espetáculo Histórias da Ilha Escondida abre a programação do mês de abril do Domingo com Teatro. Na peça, o escritor, ator, músico e contador de histórias Felipe Ferro leva o público para um passeio pelas histórias e causos pouco conhecidos da Ilha de Santa Catarina por meio de música e contação de histórias. Neste domingo, dia 3/4, às 11h30, na sala de cinema do Cinesystem do Villa Romana Shopping, em Florianópolis. Gratuito!

 Ao longo do mês, o palco do projeto recebe espetáculos de diferentes linguagens. No dia 10/4, a prestigiada atriz Vanderléia Will leva sua personagem Dona Bilica para brincar com a criançada na peça Dona Bilica e o Boi de Mamão em FantocheNa montagem, Bilica e sua companheira atrapalhada, a palhaça Pina Blue, tentam contar histórias de antigas tradições. 

No dia 17/4, o Consonante Duo, formado pelo percussionista Marcio Bicaco e pela atriz Lieza Neves, apresentam o Sarau para Crianças Mal Comportadas, um espetáculo belíssimo construído a partir de ritmos percussivos e de poemas de autores como Cecília Meireles, Manoel de Barros e Paulo Leminski.  Para fechar o mês, o Palhaço Leleco, da pioneira companhia Circus Fever, convida a plateia a se aventurar nos esportes por meio da linguagem do palhaço e da mímica no espetáculo Olimpíadas do Riso. Essa apresentação terá tradução em LIBRAS – Língua Brasileira dos Sinais.

O Domingo com Teatro é um dos mais importantes projetos de promoção da cultura na infância e formação de plateia de Santa Catarina. Realiza apresentações semanais de espetáculos infantis para curtir em família, sempre em sessões gratuitas.  

O Domingo com Teatro é totalmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping e Cinesystem. A coordenação geral é da Marte Cultural.

Programação de abril de 2022

Dia 3/4 – Histórias da Ilha Escondida, com Felipe Ferro Contador de Histórias 

Nesta montagem, o escritor, ator, músico e contador de histórias Felipe Ferro nos leva para um passeio pelas histórias e causos pouco conhecidos da Ilha de Santa Catarina. O espetáculo combina música e contação de histórias para reverenciar os encantos da cidade, os bichinhos que habitam a Ilha, frutas mágicas e muito mais. Para curtir com olhos de coruja, orelhas de elefante e boca de siri. 

Dia 10/4 – Dona Bilica e o Boi de Mamão em Fantoche, com a cia Pé de Vento

Dona Bilica está de volta ao palco do Domingo com Teatro e apresenta um clássico da tradição oral e folclórica do litoral catarinense. Na peça, Dona Bilica e sua companheira atrapalhada, a palhaça Pina Blue, tentam contar histórias de antigas tradições. Só que Pina Blue não acha o Boizinho para mostrar e brincar com as crianças. Elas vão precisar da ajuda da plateia para achar esse personagem. A Pé de Vento é uma das companhias mais tradicionais de Florianópolis e tem 23 anos de trajetória.

Dia 17/4 – Sarau para Crianças Mal Comportadas, com o Consoante Duo

Formado pelo percussionista Marcio Bicaco e a atriz Lieza Neves, o Consonante Duo apresenta um espetáculo belíssimo a partir de poemas e ritmos percussivos, Em cena, os artistas evocam textos voltados para crianças de poetas como Paulo Leminski, Cecília Meireles, Manoel de Barros e Ruth Rocha, entre outros, num jogo de palavras e música. O som da voz mistura-se ao dos instrumentos e convida o público a participar de brincadeiras rimadas. Objetos do cotidiano, como copos, bolas, latas, tampinhas,  viram instrumentos inusitados.  

Dia 24/4 – Olimpíadas do Riso, com o Circus Fever
Espetáculo com tradução em LIBRAS

O Palhaço Leleco já é um velho conhecido do público do Domingo com Teatro. Dessa vez, ele convida a plateia para se aventurar nos esportes por meio da linguagem do palhaço e da mímica. Na peça, ele apresenta quatro modalidades olímpicas: tênis, revezamento, tiro com arco e acrobacias. E, claro, muito humor. Leleco é interpretado pelo ator Leonardo Umpierrez, da companhia Circus Fever — grupo pioneiro nas artes circenses na capital.

 

Quando: Aos domingos, às 11h30
Onde: Cinesystem – Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)
Gratuito
Classificação: livre
Informações: https://marte.art.br/portfolio/domingo-com-teatro/
Siga-nos também no Instagram: @domingocomteatro

1a-Mostra-AF-de-Cinema-da-Francofonia-2-1200x675.jpg

Serão 10 dias de atrações diferenciadas para todos os públicos com representações da cultura e história da cidade.

Florianópolis está completando 349 anos e a comemoração vai começar mais cedo. O Beiramar Shopping está preparando uma programação completa, de 17 a 27 de março, para celebrar a data. Serão apresentações, exposições e oficinas para toda a família. Todas as atrações são gratuitas.

Durante as quase duas semanas de comemoração, todos os dias, das 14h às 20h, o Beiramar oferecerá a Oficina Lápis Lab, na qual as crianças poderão desenhar e pintar artes focadas no folclore de Florianópolis. Um caricaturista também estará disponível para quem quiser ter um desenho exclusivo. Em um telão de LED, será possível apreciar imagens de uma exposição especial sobre a Ilha da Magia, em parceira com o Museu da Cidade.

Personagens característicos da cidade também estarão presentes. O Boi de Mamão, apresentado pela Associação Folclórica Boi de Mamão do Pantanal, é formada pelos membros da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal da entidade e artistas formados na prática da “Brincadeira do Boi de Mamão”. A companhia se destaca pelas exibições no Festival Nacional de Folclore da Cidade de Olímpia/SP, além das tradicionais apresentações no aniversário de Florianópolis, na Maratona Cultural e nos eventos do Outubro Rosa.

Dona Bilica é outra personagem bastante importante na cultura florianopolitana. Interpretada pela atriz Vanderleia Will e coordenada pela companhia de teatro Pé de Vento Teatro, a peça “Dona Bilica e o Boi de Mamão” – que acontecerá dia 26 de março – é uma comédia que homenageia o clássico do folclore catarinense. Contando com músicas e causos, com a participação do Cavalinho, do Boi e da Bernunça, para recontar, a história é recontada de forma divertida e cômica.

Interpretado pelo cantor Moriel Costa, vocalista da banda Dazaranha, o manezinho Darci é sucesso nos palcos de stand up comedy, mostrando a visão do famoso “manézinho da ilha” em relação a situações do cotidiano e do mundo. Ele se apresentará no dia 22 de março.

Além disso, músicas clássicas da ilha farão parte do repertório do espetáculo “Musical Ilha da Magia”. A apresentação retrata lendas, folguedos, festas e tradições, ao som de canções como Rancho de Amor a Ilha, Lagoa da Conceição e Eu Sou Mané e Daí, reimaginadas nos mais diversos ritmos musicais.

Fundada em 1993, a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina também fará uma apresentação especial de comemoração, no dia 23 de março, exatamente no dia de aniversário de Florianópolis. São diversas músicas conhecidas pelos moradores de Floripa, regidas pelo maestro José Nilo Valle.

Já no dia 25, a International School of Circus (CIRCOCAN), que tem sede em Jurerê Internacional, trará ao Beiramar Shopping alguns artistas de sua trupe e, também, do Cirque du Soleil.

E para encerrar as comemorações, o Dazaranha fará um show exclusivo no dia 27 de março, marcando a retomada do projeto Palco à Beiramar, cantando alguns de seus principais sucessos, como Vagabundo Confesso, Salão de Festa a Vapor e Ô Mané.

Confira a programação completa aqui!

 

SERVIÇO
O que: Aniversário de Florianópolis
Quando: de 17 a 27 de março
Onde: Beiramar Shopping

Produção: Marte Cultural.

1a-Mostra-AF-de-Cinema-da-Francofonia-1200x675.jpg

Festival será de 24 de março a 3 de abril com exibições no Paradigma Cine Arte; programação inclui produções também para crianças

 De 24 de março a 3 de abril Florianópolis recebe a 1ª Mostra AF de Cinema da Francofonia. Na programação estão 17 produções e coproduções da França, Canadá, Bélgica, Argélia, Qatar, Romênia, Ruanda, Quebec e Suíça, a maioria inédita na Capital. As exibições serão no Paradigma Cine Arte, com sessões gratuitas pela manhã e a preço popular à noite.  A abertura oficial, no dia 24, será com o aclamado 143, Rue du Desert, de Hassen Ferhani (França/Argélia/Qatar), às 11h. 

A mostra é promovida pela Aliança Francesa Florianópolis e tem o propósito de apresentar filmes que retratam, de diferentes maneiras, a diversidade cultural que um mesmo idioma abriga — a língua francesa é falada em pelo menos 30 países de quatro continentes. Essas nações integram a chamada La Francophonie, ou Organização Internacional da Francofonia. É justamente a pluralidade das culturas da Francofonia que o festival irá apresentar na telona. 

—  A primeira edição da Mostra AF de Cinema da Francofonia nasceu de uma vontade muito forte de criar um evento para celebrar a francofonia e juntar as nações que, embora diferentes, compartilham um mesmo idioma. Além disso, a ideia é criar um espaço de encontro por meio da cultura, que é o melhor canal para difundir valores e vincular uma mensagem forte, uma mensagem de unidade entre os povos, de amizade. A programação representa bem a francofonia, presente no mundo inteiro — afirma a diretora da Aliança Francesa Florianópolis, Marilyn Pellicant. 

Nesse sentido, a seleção de filmes reflete a produção contemporânea na língua francesa e evidenciam temas e discussões bastante atuais, como a guerra, processos migratórios, refugiados, o amor, infância, os diferentes modelos familiares. A curadoria também abrange diferentes linguagens, como documentário e animação. 

O filme 143, Rue du Desert, por exemplo, do diretor Hassen Ferhani, é um documentário sensível sobre uma  mulher idosa que administra um café na principal rodovia da Argélia. Já a comédia dramática Maria, de Alec Pronovost, conta a história de uma mulher no fundo do poço e sem nenhuma experiência de trabalho que dá a volta por cima antes que a vida simplesmente acabe. Para crianças, a animação Le Petit Vampire (O Pequeno Vampiro), de  Joann Sfar, mostra um simpático vampiro cujo sonho é ir para a escola e fazer amigos.  A programação completa, bem como as sinopses dos filmes, está abaixo. 

 

Sessões acessíveis e gratuitas pela manhã 

Ao longo de 11 dias de programação, todas as sessões agendadas para às 11h serão gratuitas. As demais, às 21h, têm entrada a preço popular (R$ 12 ). Também estão previstas exibições exclusivas para escolas. Uma das sessões  — agendada para o dia 26 — será acessível para pessoas surdas, com tradução em LIBRAS – Língua Brasileira dos Sinais. 

Mostra celebra o Mês da Francofonia 

A Mostra integra as comemorações do Dia Internacional da Francofonia, celebrado em 20 de março. A data faz referência ao acordo assinado em Niamey, no país africano Níger, em 20 de março de 1970, que criou a Organização Internacional da Francofonia. Atualmente, cerca de 300 milhões de pessoas falam francês em todo o mundo — é a nona língua mais falada do planeta. 

— Pela primeira vez teremos uma parceria com os consulados da Suíça, da Bélgica, de Luxemburgo, do Canadá, de Quebec e da França. A ideia é que a Mostra AF de Cinema da Francofonia seja realizada anualmente em Florianópolis. Aqui, em Santa Catarina, a presença da francofonia é muito forte e faz parte do cotidiano de cada cidadão. E reitero o propósito do evento: mostrar que a cultura permite reunir tantos  povos diferentes. Um momento de diálogo e intercâmbio para poder criar, quem sabe, um novo mundo — conclui Marilyn Pellicant.

A Mostra AF de Cinema – Francofonia 2022 é viabilizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura com patrocínios da ENGIE e Da Magrinha. Apoio cultural do Institut Français, Suíça, Canadá, Québec, Grão-Ducado de Luxemburgo, Bélgica e Consulado Geral da França em São Paulo. O cinema oficial é o Paradigma Cine Arte. Produção da Marte Cultural. Realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Francofonia, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Agende-se

Mostra AF de Cinema | Francofonia 2022

Quando: 24 de março a 4 de abril de 2022
Onde: Rod. SC-401, 8.600 (Centro Empresarial Corporate Park), Bloco 8 – Sala 2, Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis
Mais informações: www.affloripa.com.br

 

Programação 


QUINTA, 24/3

11h – 143, Rue du Desert, de Hassen Ferhani (França/Argélia/Qatar)
Legendado ‧ 2019 ‧ Documentário ‧ 1h 40m ‧ Classificação: Livre ‧ Gratuito

21h – Petit Pays, de Eric Barbier (França, Bélgica)
Legendado ‧ 2020 ‧ Drama ‧ 1h 51m ‧ Classificação: 14 anos
Sessão exclusiva para convidados

 

SEXTA, 25/3

11h – Green Boys, de Ariane Doublet (França)
Legendado ‧ 2019 ‧ Documentário ‧ 1h 12m ‧ Classificação : 12 anos ‧ Gratuito

21h – La langue est donc une histoire d’amour (A Linguagem é uma História de Amor), de Andrés Livov (Canadá)

Legendado ‧ 2019 ‧ Documentário ‧ 1h 28m ‧ Classificação: livre

Quanto: R$12 

 

SÁBADO, 26/3

11h – Diane a les épaules (O Poder de Diane), de Fabien Gorgeart (França)

SESSÃO ACESSÍVEL

Dublado em Português com recursos de LIBRAS, Audiodescrição e Legenda descritiva. 2017 ‧ Comédia ‧ 1h 27m ‧ Classificação: 12 anos ‧ Gratuito

21h – Si Le Vent Tombe, de Nora Martirosyan (França/Bélgica/Armênia)

Legendado ‧ 2020 ‧ Drama ‧ 1h 40m ‧ Classificação : 14 anos

Quanto: R$12 

 

DOMINGO, 27/3 

11h – Le Petit Vampire (O Pequeno Vampiro), de  Joann Sfar (França) 

Legendado ‧  2000 ‧ Infantil/Fantasia ‧ 1h 31m ‧ Classificação Livre ‧ Gratuito

21h – Petit Pays, de Eric Barbier (França, Bélgica)
Legendado ‧ 2020 ‧ Drama ‧ 1h 51m ‧ Classificação: 14 anos

 

SEGUNDA, 28/3

11h – Systeme K, de Renaud Barret (França) 

Legendado ‧ 2019 ‧ Documentário ‧ 1h 34m ‧ Classificação : 14 anos ‧ Gratuito

21h – De Nos Frères Blessés, de Helier Cisterne (França/Bélgica/Argélia)
Legendado ‧ 2020 ‧ Drama ‧ 1h 35m ‧ Classificação : 14 anos

Quanto: R$12 

 

TERÇA, 29/3 

11h – Maria, de Alec Pronovost (Québec) 

Legendado ‧ 2021 ‧ Comédia Dramática ‧ 1h 30m ‧ Classificação 12 anos ‧ Gratuito

21h – Funan, de Denis Do (França) 

Legendado ‧ 2018 ‧ Drama/Animação ‧ 1h 24m ‧ Classificação : 12 anos

Quanto: R$12 

 

QUARTA, 30/4 

11h – Makala, de Emmanuel Gras (França)

Legendado ‧ 2017 ‧ Documentário ‧ 1h 37m ‧ Classificação : 16 anos ‧ Gratuito

21h – Notre Dame du Nil, de Atiq Rahimi (França / Bélgica / Ruanda) 

Legendado ‧ 2019 ‧ Drama ‧ 1h 33m ‧ Classificação : 14 anos

Quanto: R$12 

 

QUINTA, 31/3 

11h – La Disparition des Lucioles, de Sébastien Pilote  (Québec) 

Legendado ‧ 2018 ‧ Drama ‧ 1h 36m ‧ Classificação : 12 anos ‧ Gratuito

 

SEXTA, 1º/4

11h – Sympathie pour le Diable, de Guillaume De Fontenay (França/Canadá/Bélgica) 

Legendado ‧ 2019 ‧ Guerra/Drama ‧ 1h 40m ‧ Classificação : 14 anos ‧ Gratuito

 

SÁBADO, 2/4

11h – L’extraordinaire voyage de Marona (A Fantástica Viagem de Marona), de Anca Damian (França, Romênia, Bélgica)

Legendado ‧ 2019 ‧ Animação/Drama ‧ 1h 32m ‧ Classificação : 6 anos ‧ Gratuito

 

DOMINGO, 3/4 11h – La Mif, de Fred Baillif (Suíça)

Legendado ‧  2021 ‧ Drama ‧ 1h 52m ‧ Classificação 16 anos ‧ Gratuito

 

Sinopses

24/3 – 143, Rue du Desert, de Hassen Ferhani
O filme é um retrato de Malika, uma mulher idosa que administra um café ao lado da National 1, a principal rodovia da Argélia. Por meio dos vários clientes que param para comer ovos, café ou chá, conhecemos intimamente essa mulher excêntrica, cujas opiniões sobre uma variedade de assuntos entretêm, esclarecem e confundem em igual medida. A maioria dos clientes a conhece tão bem que suspeitamos que talvez parem não para o chá, mas para a companhia dela. O filme quase nunca sai de dentro de seu pequeno café, que também serve como sua casa. No entanto, a cada nova tomada, Ferhani consegue revelar um novo fragmento desse pequeno espaço, o que mantém o filme surpreendentemente dinâmico. 

 

24/3 –  Petit Pays, de Eric Barbier

Na década de 1990, um menino vive no Burundi com seu pai, um empresário francês, sua mãe ruandesa e sua irmã mais nova. Ele passa seu tempo jogando com seus colegas de classe até que a guerra civil estoura, pondo fim à inocência de sua infância.

 

25/3 – Green Boys, de Ariane Doublet

Alhassane é um menino guineense de dezessete anos. Acolhido em uma pequena vila à beira-mar na Normandia, ele conhece Louka, 13 anos. Nasce uma amizade. Crescerá, dia após dia, como a cabana que eles constroem; um lugar secreto da infância e um abrigo para feridas.

 

25/3 – La langue est donc une histoire d’amour, de Andrés Livov 

As aulas de Loiseau são diferentes de quaisquer outras. Seus alunos adultos são imigrantes recentes: alguns deles refugiados, a maioria aprendendo a ler e escrever pela primeira vez, todos ansiosos para estudar, encontrar trabalho e criar suas famílias em paz. Suas histórias de dor e esperança convergem em uma lição de grande coração.


26/3 –  Diane a les épaules (O Poder de Diane), de Fabien Gorgeart

Sem tentar ser moralista ou proselitista, o diretor usa o pretexto da barriga de aluguel para falar dos novos códigos de casais e da ruptura dos modelos. Picante, emocionante, excitante, a atriz Clotilde Hesme tem força para encenar todas essas emoções.

 

26/3 – Si Le Vent Tombe, de Nora Martirosyan

Alain, um auditor internacional francês, vai avaliar o aeroporto de uma auto-proclamada República para dar luz verde à sua reabertura. Edgar, um garoto local, vagueia pelo aeroporto e se envolve em um negócio estranho. Homem e criança acabam se encontrando.


27/3 – Le Petit Vampire (O Pequeno Vampiro), de  Joann Sfar

O Pequeno Vampiro  vive em uma casa assombrada com um bando de monstros felizes, mas ele está terrivelmente entediado… Ele tem 10 anos há 300 anos, então os navios piratas e o clube de cinema, faz muito tempo que não o diverte mais . O sonho dele? Ir para a escola e fazer amigos. Acompanhado por Fantomate, seu fiel buldogue, o Pequeno Vampiro foge da mansão em segredo, determinado a conhecer outras crianças.  

 

28/3 – Systeme K, de Renaud Barret

Kinshasa, República Democrática do Congo, 2017. Na selva urbana com mais de 13 milhões de habitantes, em meio ao caos social e político, está surgindo uma cena de arte de rua eclética e borbulhante. Artistas visuais, músicos e performers underground criam do nada, usando objetos reciclados e seus próprios corpos para expressar sua raiva, mas também seus sonhos de mudança. Apesar do constante assédio das autoridades, dos fortes tabus de uma sociedade tradicional e das lutas pessoais dos artistas, o movimento não pode mais ser parado.

 

28/3 – De Nos Frères Blessés, de Helier Cisterne

1954, Hélène e Fernand se apaixonam. Ela parte para a Argélia com ele e descobre a beleza do país e o apego que Fernand tem pela terra natal. Enquanto a Argélia e a França estão separadas, suas vidas são viradas de cabeça para baixo. O filme mostra a história da luta de um casal pela liberdade.

 

29/3 – Maria, de Alec Pronovost 

Quando Maria pensa que está no fundo do poço, descobre que o poço tem um fundo duplo: sem emprego, sem dinheiro, sem conquistas dignas de menção e agora uma mãe moribunda que implora para ela fazer algo com sua vida antes que ela morra. Ela não tem escolha a não ser assumir o controle e encontrar uma carreira… Mas o que ela pode fazer com um diploma de bacharel em comunicação de sete anos e nenhuma experiência de trabalho? Acredite ou não, ela pode se tornar uma substituta da escola secundária!

 

29/3 – Funan, de Denis Do 

A obra relata a sobrevivência e a luta de uma jovem mãe durante a revolução dos Khmers Vermelhos para encontrar seu filho de quatro anos, que havia sido separado de sua família pelo regime.

 

30/3 – Makala, de Emmanuel Gras

Um jovem morador de um vilarejo no Congo não tem muito a oferecer à sua família, mas está disposto a dar tudo de si para oferecer-lhes um futuro melhor e com mais oportunidades. Na jornada para vender os frutos do seu próprio trabalho, ele aprende uma importante lição sobre a vida, a perseverança e o valor da família.

 

30/3 – Notre Dame du Nil, de Atiq Rahimi

Na Ruanda de 1973, um grupo de meninas, algumas de famílias de elite e outras não tão privilegiadas, estudam em um colégio interno comandado por católicos belgas. Em meio ao crescente conflito entre grupos étnicos locais e uma realidade colonial sintomática do eventual genocídio durante a Guerra Civil de Ruanda, as adolescentes vivem uma vida de travessuras e curiosidade típica para sua idade, mas que resiste a uma cruel realidade em maior escala.

 

31/3 – La Disparition des Lucioles, de Sébastien Pilote 

Leo sonha em escapar. Ela se sente presa em sua cidade industrial em Quebec. O alvo de suas frustrações é seu padrasto, uma celebridade de rádio local politicamente equivocada que forçou seu pai sindicalista a sair da cidade. É quando Steve, um metaleiro muito mais velho que ainda mora no porão de sua mãe, entra na vida de Leo.

 

1º/4 – Sympathie pour le Diable, de Guillaume De Fontenay

Saraievo, novembro de 1992, sete meses após o início do cerco. O repórter de guerra Paul Marchand mergulha nas entranhas de um conflito fratricida sob o olhar impassível da comunidade internacional. Entre sua objetividade jornalística, o sentimento de impotência e um certo senso de dever diante do horror, ele terá que tomar partido.

 

2/4 – L’extraordinaire voyage de Marona, de Anca Damian 

Vítima de um acidente, Marona, uma cachorrinha, lembra-se dos diferentes mestres que conheceu e amou ao longo de sua vida. Através de sua simpatia infalível, sua vida se torna uma lição de amor.

 

3/4 – La Mif, de Fred Baillif

Um grupo de adolescentes foi colocado em uma casa de repouso com assistentes sociais. Essa experiência forçada de “família” cria tensões e intimidades inesperadas. Um incidente desencadeia uma cadeia de reações exageradas.

Felipe-Coelho-1200x675.jpg

Os shows, patrocinados pela Lei Aldir Blanc, promovem a identidade musical do Sul do país e serão realizados em Lages, Palhoça, Florianópolis e Itajaí, todos com entrada gratuita

Reconhecido como um dos mais aclamados violonistas da nova geração, Felipe Coelho inicia uma turnê por algumas cidades de Santa Catarina, passando por Florianópolis, Palhoça, Lages e Itajaí. Os shows, promovidos pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Governo Federal e da Lei Aldir Blanc, têm entrada gratuita.

No repertório, o artista que já fez shows por várias cidades do Brasil e do mundo, escolheu incluir aquelas músicas mais conhecidas do público do Sul do país, que vão desde canções do folclore argentino e gaúcho, até o baião e o choro brasileiro. Clássicos argentinos como “Merceditas” e “Kilômetro 11”, além de “Feira de Mangaio”, de Sivuca e o famoso “Brasileirinho” de Waldir Azevedo, são músicas presentes no setlist.

Com o objetivo de mostrar a importância e versatilidade do violão de 7 cordas para o público, Felipe Coelho comemora a possibilidade de voltar aos palcos, depois de um longo período afastado devido às restrições sanitárias, homenageando a música Sul-Brasileira e latinoamericana. O artista, conhecido por realizar concertos eruditos, desta vez escolhe executar canções mais populares, que fazem parte da vida dos que cresceram na região Sul do país.

— O projeto “Violão Sul-Brasileiro” nasceu da minha vontade de valorizar as composições que tocam o coração das pessoas e que fizeram parte da nossa história — afirma o instrumentista.

Felipe Coelho e sua trajetória artística

Formado em Jazz pela UA (EUA) e Mestre em JAZZ pela GSU (EUA), Felipe já ministrou aulas de música e participou de dezenas de festivais por diversas cidades como Nova Iorque, Chicago, Shanghai (China), Buenos Aires e nas principais capitais do Brasil. 

Por somar a música erudita camerística e orquestral com linguagens populares como o choro, o jazz e o flamenco, o artista conquistou o Prêmio Funarte de Música (2011), realizando mais de 50 shows pelo país com o quarteto de cordas CataVento, além de ser convidado para atuar em orquestras, como solista e compositor.

O projeto “Violão Sul-Brasileiro” de Felipe Coelho é realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Governo Federal e da Lei Aldir Blanc. Produção Marte Cultural. 

 

Agende-se!

>LAGES

12.03 | sábado

Teatro Marajoara (Lages), às 20h 

Entrada Gratuita, retirada de ingressos a partir das 19h na bilheteria do teatro.

 

>PALHOÇA

13.03 | Domingo

Passeio Pedra Branca, 16h-18h (Caso chova: Domingo, 27/03)

 

>FLORIANÓPOLIS

20.03 | Domingo, 16h 

Passeio Primavera, às 20h (Caso chova: Domingo, 03/04)

 

>ITAJAÍ

08/04| Sexta-Feira

Mercado Público, às 18h 

Saiba mais: www.marte.art.br

irmaoscarusonoCCQ-1200x675.jpg

Um dos principais projetos de entretenimento e cultura geek de Santa Catarina será realizado de 18 a 20 de março em Florianópolis. Gratuito

Reconhecidos pelas caricaturas, charges e registros irônicos da história e da política brasileira, Paulo e Chico Caruso estão entre os artistas convidados para a quarta edição do CCQ – Circuito Catarinense de Quadrinhos. O festival será nos dias 18, 19 e 20 de março no Boulevard 14/32 da Floripa Airport, em Florianópolis. Toda a programação é gratuita.   

Embora sejam irmãos gêmeos e tenham seguido a mesma profissão, Paulo e Chico, atualmente com 72 anos, não atuam juntos e seus trabalhos têm linguagens distintas. Enquanto a obra de Paulo é referenciada pelas caricaturas e pela narrativa em quadrinhos, Chico dedica-se principalmente à charge. Durante o Circuito Catarinense de Quadrinhos, eles participam de uma conversa sobre suas trajetórias dos artistas.

Como caricaturista, ilustrador, chargista e músico, Paulo fez história ao lado de Millôr Fernandes, Jaguar e Ziraldo nos tempos de O Pasquim. Ele segue atuante — semanalmente, faz desenhos ao vivo dos temas e dos convidados do programa Roda Viva, da TV Cultura. Além das caricaturas, ele é uma referência em história em quadrinhos no Brasil.

Já Chico Caruso é um dos mais populares caricaturistas políticos dos últimos 30 anos. Começou a trabalhar como cartunista em 1968, no jornal Folha da Tarde, com um início de sua trajetória profundamente marcado pela Ditadura Militar. Há 30 anos publica diariamente charges no jornal O Globo. Segundo críticos, suas charges formam uma crônica inspirada na história política recente do Brasil. Assim como o irmão, Chico é também músico. Em 1985, os dois formaram uma banda junto com o escritor Luis Fernando Veríssimo.

— Chico e Paulo Caruso são patrimônios da arte nacional, de uma safra de artistas que incluem Angeli, Laerte e Glauco, entre outros. Essa trupe foi fundamental para a modernização do humor gráfico no Brasil e da linguagem da história em quadrinhos nacional. Foram influenciados diretamente  pela luta contra a ditadura dos anos 60, com sua linha de crítica política, social e dos acontecimentos contemporâneos — afirmam os idealizadores do CCQ, José Mathias e Bruno Flesch.

Festival gratuito na Capital

O Circuito Catarinense de Quadrinhos é um dos mais importantes projetos de arte e cultura geek de Santa Catarina. A quarta edição é aguardada pelos fãs de HQs, passados dois anos de espera em razão da pandemia. Dentre as novidades deste ano está o local: o Boulevard 14/32 da Floripa Airport, em Florianópolis.

O CCQ nasceu com o propósito de conectar fãs, artistas e indústria e apresentar ao público de todos os gostos e idades o melhor em HQs, arte, entretenimento e games. Em 2022 a programação será concentrada em 3 dias, totalmente gratuita: painéis, conversas com artistas, workshops, exposições, live art, o famoso Artists Alley e concurso de cosplay, entre outras atividades. 

O CCQ é patrocinado pelo município de Florianópolis, pela Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer e pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural da Floripa Airport. A idealização é da Made Joy e a coordenação é da Marte Cultural.

Agende-se

CCQ – Circuito Catarinense de Quadrinhos 2022
18 a 20 de março de 2022
Boulevard 14/32, na Floripa Airport, em Florianópolis

https://www.ccqoficial.com/

agendadomingocomteatroFEV-1200x675.jpg

Um dos mais importantes projetos de promoção da cultura para a infância de Florianópolis completa 10 anos em 2022. A primeira edição do ano terá apresentação do espetáculo O Porquê das Coisas, com Felícia Fleck, e segue todos os protocolos sanitários

O Domingo Com Teatro retoma a agenda de espetáculos em Florianópolis neste domingo (6). O espetáculo O Porquê das Coisas, da atriz e contadora de histórias Felícia Fleck, abre a programação de 2022 de um dos mais importantes projetos de promoção de cultura e arte na infância da Capital. A apresentação será às 11h30 na sala de cinema do Villa Romana Shopping, na Capital. Os ingressos são gratuitos e distribuídos uma hora antes. 

Em fevereiro, a programação do Domingo com Teatro destaca a linguagem da palhaçaria e da contação de histórias. No dia 13, a atração é a peça Calabum Tribum: O Picadeiro Mágico, com Palhaço Marchalenta. No dia 20, o projeto recebe o Grupo Cirandela, que apresenta o espetáculo Lá Vem Poesia. Para fechar o mês, a La Luna Cia de Teatro apresenta Contos de um Reino Distante: Adivinha Adivinhão, uma montagem encantadora que combina aventura, mistério e comédia para curtir com toda a família.


10 anos de espetáculos infantis gratuitos semanais

O Domingo com Teatro comemora 10 anos em 2022. O projeto começou em 2012 na Capital e é hoje reconhecido por formar plateia – para muitas crianças, é o primeiro evento cultural que participam — e promover e valorizar a produção de artes cênicas de Santa Catarina. A mostra permanente de teatro é também acessível: uma vez por mês, conta com os recursos de LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais. 

Protocolos Sanitários

As apresentações do Domingo com Teatro seguem todas as medidas de higiene para assegurar a saúde do público. A sala do cinema tem sistema de refrigeração central com renovação contínua de ar externo e as poltronas são marcadas e com distanciamento do público. Máscaras são obrigatórias e álcool gel está disponível para todos os usuários.

O Domingo com Teatro é totalmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura nº 3659/91. O projeto tem o apoio cultural do Villa Romana Shopping e Cinesystem. A coordenação geral é da Marte Cultural.

 

Programação de agosto de 2021

 

Dia 6/2 – O Porquê das Coisas, com Felícia Fleck

Existem várias maneiras de entender o mundo. Neste espetáculo, a premiada contadora de histórias Felícia Fleck se debruça nos contos populares brasileiros para explicar o surgimento das coisas de forma singular e divertida. Um convite para aprender o valor das perguntas e das narrativas orais. Serão apresentados três contos brasileiros (um mito de criação indígena, um conto da tradição oral e um conto autoral com estrutura popular). 

Quando: 6/2/2022, às 11h30
Onde: Cinesystem – Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)
Gratuito
Classificação: livre. Indicado para crianças a partir de 5 anos
Informações: https://marte.art.br/portfolio/domingo-com-teatro/
e www.facebook.com/domingocomteatro
Siga-nos também no Instagram: @domingocomteatro

 

Dia 13/2 – Calabum Tribum: O Picadeiro Mágico, com Palhaço Marchalenta

O espetáculo combina a linguagem do clown e números de mágica. O anfitrião é o Palhaço Marchalenta, interpretado pelo educador, contador de histórias e ator Ramon Cunha. Na história, Marchalenta vai a um espetáculo de mágica e descobre que o mágico está desaparecido. A plateia então implora com aplausos que ele assuma a apresentação.

Quando: 13/2/2022, às 11h30
Onde: Cinesystem – Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)
Gratuito
Classificação: livre
Informações: https://marte.art.br/portfolio/domingo-com-teatro/
e www.facebook.com/domingocomteatro

Siga-nos também no Instagram: @domingocomteatro

 

Dia 20/2 – Lá Vem Poesia, com o Grupo Cirandela

O grupo Cirandela leva para o palco do Domingo com Teatro clássicos da literatura infantil em um espetáculo de contação de histórias. No repertório estão contos e músicas autorais, poesias musicadas e contos populares. Uma peça que estimula a imaginação das crianças e dos adultos e convida à (re)desconerta da infância.

Quando: 20/2/2022, às 11h30
Onde: Cinesystem – Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)
Gratuito
Classificação: livre. Indicado para crianças de 6 a 10 anos
Informações: https://marte.art.br/portfolio/domingo-com-teatro/
e www.facebook.com/domingocomteatro
Siga-nos também no Instagram: @domingocomteatro

 

Dia 27/2 – Contos de um Reino Distante: Adivinha Adivinhão, com La Luna Cia de Teatro

Para fechar o mês, a La Luna Cia de Teatro apresenta a história de uma rainha roubada num imponente castelo de um reino distante. Em Contos de um Reino Distante: Adivinha Adivinhão, homens traidores interessados apenas nos bens e no poder da rainha tentam enganar toda a corte. Mas um velhinho misterioso, que se diz um adivinho, ajuda a salvar o reino com sua esperteza e sabedoria. Um espetáculo de aventura, mistério e comédia indicado para todas as idades.

Espetáculo com tradução em LIBRAS
Quando: 27/2/2022, às 11h30
Onde: Cinesystem – Villa Romana Shopping (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis)
Gratuito
Classificação: livre
Informações: https://marte.art.br/portfolio/domingo-com-teatro/
e www.facebook.com/domingocomteatro
Siga-nos também no Instagram: @domingocomteatro

 

Ir para o site do projeto
Conheça as soluções da Marte para patrocinadores
Conheça as soluções da Marte para proponentes